Webmail

Webmail

Notícias

04/07/2017 - 09h42min

Representantes da Associação dos Pescadores de Itaqui estiveram na Câmara de Vereadores.

Senhoras vieram saber informações sobre a liberação da pesca do dourado no Estado.

Por ASCOM - Câmara de Vereadores

Foto: Chico Coffi

Na Quarta-feira(28) estiveram reunidos com os Vereadores Cleir Fagundes (PMDB), Clóvis Ravarotto (PMDB) e Leonardo Betin (PDT) as Senhoras Marlene Lima, Rosane Leiria e Anderlise Soares representantes da Associação dos Pescadores de Itaqui que vieram saber informações sobre a liberação da pesca de dourado no Estado e também a possibilidade de recursos junto ao Governo Estadual como uma linha de crédito para os Associados que foram afetados com as cheias e não puderam trabalhar, além da Piracema que eles ficam em torno de Quatro meses sem trabalhar e recebem Um salário mínimo do Governo, hoje aproximadamente existem 20 mil famílias de pescadores no RS. Sobre a questão da liberação da pesca do dourado, uma causa bem complexa, fizemos contato através do Gabinete do Vereador Leonardo Betin (PDT) com os órgãos responsáveis, e nos foi informado através da Sra. Beatriz, assessora do Deputado Estadual Gilmar Sossela que é o Presidente do Grupo de Estudos sobre a Liberação da Pesca do Dourado na Assembléia Legislativa que o Vereador Igor Ardais(PP) e a Ex- Vereadora Luiza (PMDB) já vinham a tempos também se inteirando do assunto que hoje encontra-se em estudo pelas Universidades Federais do Estado, como a FURG de Rio Grande e a Unipampa de Itaqui, entre outras, para as quais o Governo liberou uma verba de R$ 980 mil reais para estudos sobre o caso e só após estes estudos que será liberado ou não a pesca do Dourado. Apesar de se saber extra-oficialmente que o Dourado é um predador eles precisam do resultado das pesquisas para tomar uma decisão, pois a proibição é judicial feita pelo Ministério Público e o dourado esta na chamada "lista vermelha" dos peixes que estão em extinção.

Saiba mais

Imagens relacionadas

Clique para ampliar

Clique para ampliar

<<     de     >>